segunda-feira, 24 de maio de 2010

Desculpa,

Vocês estão brigando. Sinto. Brigar hoje já não faz mais sentido. Eu queria espaço, queria tempo, queria saber o que faço com o meu sentimento. Eu estou apaixonado e a CASA quer me colocar na rua. Ela não entende que eu sou devagar, tenho medo de me expor e me exponho pelas beiradas. A CASA não me dá uma ajuda, não me serve um café, não se preocupa mais comigo e nem com o meu corpo. Eu não sei o que fazer e a CASA caga para isso. Eu não sei se conto tudo a ele, só para ele. Não sei se conto para um amigo, só para um. Não sei se conto para uma amiga, só para uma. Não sei. Sinto-me com 13 anos de idade. Como se estivesse, mais uma vez, vivendo minha primeira paixão. Mas não. Sou alguém de 21 anos de idade que ainda não aprendeu a lidar com sentimentos da ordem do gostar, gostar muito e amar. Não aprendeu a separar as coisas e, de repente, encontra-se perdido. Tudo misturado. VidaObraTrabalhoAmizadeCorpo. Tudo junto, integrado. Eu gosto. Mas não sei se deveria continuar agindo dessa forma. Ás vezes, penso que as coisas são simples e que a revelação deste sentimento não implicaria em mudança alguma. Outras, penso em tempestade, discussão, mal entendido e por ai vai. Não sei, de fato, o que fazer e, neste momento, não quero dividir com vocês o meu sentimento. Mas minha dúvida, meu medo do abismo, minha insegurança em usar biquíni em dias nublados. Só isso.

6 comentários:

Dominique Arantes disse...

É porque, nessa casa, a gente sempre está prestes a levar um tapa na cara.
Mas eu te seguro e ouço , se você quiser.

Caio Riscado disse...

fico mais calmo.
obrigado.

Isadora Malta disse...

lindo.

Isadora Malta disse...

e posso colocar um biquíni com você e te acompanhar em um dia nublado. E se quiser, podemos ficar em silêncio.

Caio Riscado disse...

vão pensar que somos loucos.
mas eu não ligo.
não ligo para a loucura.

Patrícia Teles disse...

Eu saiu de biquini no dia nublado com vc e Dunkis, agora o silencio nao e muito o meu forte.